Antes de içar a lâmina, o algoz suplica ao condenado: "Você me perdoa?"

I want you for U.S. Army

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Fiódor Dostoiévski na Casa do Saber


Meus amigos,


Gostaria de convidar a todos para a aula aberta que vou ministrar na Casa do Saber a respeito de


Dostoiévski e o niilismo da modernidade
Link para a aula aberta no site da Casa do Saber:

 
Data: 10 de novembro (sábado);

Horário: das 11h às 13h;

Local: Casa do Saber; rua Dr. Mário Ferraz, 414, Jardim Paulistano;

Clique sobre o mapa para ampliá-lo

Inscrições e informações: 3707-8900; as inscrições são feitas gratuitamente por telefone; vagas limitadas.

A aula aberta é gratuita e destinada a apresentar um novo professor ao público da Casa do Saber e, para os novos alunos, é também uma oportunidade de ter contato com o ambiente e a dinâmica das aulas. O tema, geralmente panorâmico, serve como uma porta de entrada para assuntos a serem aprofundados em um futuro curso ministrado pelo professor da aula aberta.

Sinopse da aula aberta:

No encontro, Fiódor Dostoiévski (1821-1881) serve como guia para a compreensão do nada como princípio (anti)ético normativo a partir do homem do subsolo, encarnação do niilismo e anti-herói em Memórias do Subsolo (1864), e do duplo homicida Raskólnikov, protagonista de Crime e Castigo (1866). O objetivo é estabelecer uma genealogia do relativismo ético desde o século 19 até seus desdobramentos pelas contraditórias esferas existenciais do século 20. A partir do princípio de escatologia criativa de Dostoiévski, por meio do qual o escritor levava às últimas consequências ideias que, em sua época, apenas germinavam, será visto como as personagens em questão prenunciaram as tétricas rupturas éticas que só deixariam de respirar entre os escombros dos campos de concentração nazistas.

Sobre o professor:

Flávio Ricardo Vassoler. Mestre e doutorando em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Faculdade de Letras da USP e escritor. Seu primeiro livro, O Evangelho segundo Talião (Editora nVersos), encontra-se no prelo. Periodicamente, atualiza o Subsolo das Memórias, www.subsolodasmemorias.blogspot.com, página em que posta fragmentos de seus trabalhos literários e fotonarrativas de suas viagens pelo mundo.

Conto com a presença de todos vocês!