Antes de içar a lâmina, o algoz suplica ao condenado: "Você me perdoa?"

I want you for U.S. Army

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Cinema e Literatura em diálogo com o nosso tempo


Meus amigos,

Há duas semanas, Olívio Guedes, Donny Correia e Flávio Ricardo Vassoler ministramos o curso Cinema e Literatura: Um diálogo sobre o nosso tempo, cujo conteúdo pode ser conhecido a partir do seguinte link:
http://subsolodasmemorias.blogspot.com/2011/01/cinema-e-literatura-um-dialogo-sobre-o.html

A partir da próxima segunda-feira, dia 21/02, os três professores passaremos a ministrar um segundo curso no MuBE – Museu Brasileiro da Escultura (Av. Europa, 218; http://www.mube.art.br/). A temática desse novo curso será análoga àquela que está sendo desenvolvida no curso acima mencionado, mas novos diretores e escritores entrarão em nossas discussões.

Cinema e Literatura
em diálogo com o nosso tempo

Inscrições: (11) 2594-2601 (Falar com a Karen; mube@mube.art.br).

O curso será composto por 10 aulas, sempre nas segundas-feiras, das 19h30 às 22h30, no MuBE – Museu Brasileiro da Escultura (Av. Europa, 218).

Seguem abaixo o programa e o cronograma do curso:

Aula 1: Dom Quixote ainda pode mover moinhos?
(21 de fevereiro)

Discussão entre o filme O Gabinete do Dr. Caligari, de David Lee Fisher, e o conto Pierre Ménard, de Jorge Luís Borges.

Aula 2: Pai, por que me abandonaste?
(28 de fevereiro)

Discussão entre o filme A última tentação de Cristo, de Martin Scorcese, e o romance Evangelho segundo Jesus Cristo, de José Saramago.


Aula 3: A aurora do burguês
(14 de março)

Discussão entre o filme O enigma de Kaspar Hauser, de Werner Herzog, e o romance Robinson Crusoé, de Daniel Defoe.


Aula 4: Se Deus não existe, tudo é permitido
(21 de março)

Discussão entre o filme Crimes e Pecados, de Woody Allen, e o romance Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski.


Aula 5: Loucos são todos os outros
(28 de março)

Discussão entre o filme Um estranho no ninho, de Milos Forman, e a novela Enfermaria nº 6, de Anton Tchekhov.


Aula 6: O caos não se deixa quantificar
(04 de abril)

Discussão entre o filme A Onda, de Dennis Gansel, e o ensaio Guerra Civil, de
Hans Magnus Enzensberger.


Aula 7: E no momento em que te odeio
e quero vingar-me – eu te amo
(11 de abril)

Discussão entre o filme Psicose, de Alfred Hitchcock, e o romance O Túnel, de
Ernesto Sabato.


Aula 8: Genealogia da moral
(18 de abril)

Discussão entre o documentário Ônibus 174, de José Padilha, e o conto Feliz Ano Novo, de Rubem Fonseca.


Aula 9: O crepúsculo do burguês
(25 de abril)

Discussão entre o filme O cheiro do ralo, de Heitor Dhalia, e o romance Eugênia Grandet, de Honoré de Balzac.


Aula 10: A co-incidência do acaso
(02 de maio)

Discussão entre o filme Amores Perros, de Alejandro González Iñárritu, e a peça Seis personagens à procura de um autor, de Luigi Pirandello.
Olívio, Donny e eu contamos com a presença de todos!
Abraços,
Flávio Ricardo Vassoler

3 comentários:

  1. Nossa uma programação maravilhosa! Queria muito poder fazer, pena que estudo a noite! Temas muito interessantes! Vocês podiam fazer um de sábado! rsrs....

    Parabéns pela iniciativa, pela proposta que é tão bem elaborada!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Bikshu, tudo bem?

    Então, fique ligada, porque logo, logo poderá pintar um curso análogo a este aos sábados.

    Muito obrigado pelos elogios, Biskhu, e seja sempre muito bem-vinda.

    Muito prazer em "conhecê-la".

    Beijos,

    Flávio Ricardo

    ResponderExcluir
  3. Flavio, somente elogos para voces, que trabalho vivificante!

    ResponderExcluir